15.3.09

Esses caras ridículos...

Reações: 
... e suas máquinas perturbadoras da ordem pública!

Primeiro foi o meu post sobre som automotivo. Aí hoje eu tava voltando pra casa pela Washington Luís, que é uma avenida beeeem movimentada e tem faixas estreitas, quando me deparo com um idiota dirigindo um Golf a TRINTA POR HORA, sendo que a velocidade máxima nessa avenida é de 60km/h. Detalhe: ocupando duas, DUAS faixas da avenida! Daí quando eu consigo finalmente entrar na única faixa da avenida que não está sendo ocupada por ele (e o ultrapasso, finalmente) vejo que o assoalho do carro dele está a uns 5mm do chão. Será que é porque as 4 molas do carro estouraram de uma vez num quebra-mola? Não, é porque a besta rebaixou o carro daquele jeito! Legal! A gente tá na Europa mesmo, né? As ruas de São Paulo nem são cheias de buracos e desníveis...

Gente, carro foi feito pra levar as pessoas de um lugar pra outro, e não pra gente fazer de trio elétrico... ou brincar de carro de Fórmula 1 e fazer ele sair pulando por aí sem mola... é difícil de entender isso, porra?

Ou será que o problema sou eu, que não consigo ver graça nessas coisas?

4 comentários:

Anna disse...

A distancia que o carro fica do chão é diretamente proporcional ao tamanho e/ou potencia do pipico...

Aguardando a V.A mode on.

Rafael Kuvasney disse...

O problema somos nós. Nós não entendemos a real beleza do desconforto e da cretinice

Urd disse...

Golf já é carro de "pobre", tunado então, é "pobre" demais.

Sammy

O gerenciado disse...

ainda mais pq esse Golf era daqueles antigões, manja? tipo ano 95, ehheheheheh